Português English Español
- Info País: Chile/Bolivia
Estado: -
Local: Altiplanos
Temas Geográficos:
Vulcões e Gêiseres
Data:
Dezembro 2001

Na América Pré-colombiana, e mesmo na América Incaica, o vulcão Licancabur (ou Licancahur) sempre foi para o homem palco para diversas manifestações religiosas. A figura imponente de 5916 metros do vulcão conclamava adorações ao sol, aos deuses e às forças da natureza.

E, em nossa atualidade, isto mudou?

O glorioso Licancabur continua sendo um link para crenças de alto valor como a busca da verdade pelos cientistas, a busca de afirmação e liberdade pelos aventureiros, a busca de plena beleza e distanciamento por um turista menos convencional.

Assim, o Licancabur é e continua sendo capaz de fornecer-nos todo impacto e estímulo necessários para que continuemos nossa busca por novos sentidos...

De fato, o vulcão erege-se imponente como uma verdadeira sentinela que atinge todo o Atacama, um farol que aponta para o infinito, no astronômico céu do deserto...

Completando sua beleza e áurea, ao seu lado repousa a formosa Laguna Verde, cujas águas, tonalizadas por minerais diversos, possue uma cor de surpresa cinematográfica.

As ruínas e suas estruturas arqueológicas, espalhadas ao seu redor, comprovam esta vocação do Licancabur de catalizar no homem pesquisas mais profundas para sua existência, desde tempos imemoriais...

- em sua cratera, o vulcão possue um dos lagos mais altos de todo o planeta;
- vizinho, o vulcão Juriques, com cores avermelhadas, completa a beleza da região;
- existem ruínas incas no topo da cratera, de 400 metros de diâmetro;
- o vulcão está localizado na linha divisória entre o Chile e a Bolívia;
- Licancabur quer dizer "Povo de Cima", no antigo dialeto atacamenho.

©Fóton Multimídia 2002 - . Todos os Direitos Reservados.