Este transformou-se no www.lugaresbacanas.com.
Visite-nos para ver as novidades.
Subida ao Nevado Pisco - Cordilheira dos Andes - Montanhas - Parque Nacional Huascaran - Ancash - Peru - Americasol.Net
Português English Español
- Info País: Peru
Estado: Ancash
Local: Parque Nacional Huascaran
Temas Geográficos:
Montanhas
Data:
Dezembro 2000

Comparada com outras montanhas mais altas da Cordilheira Branca, o Nevado Pisco pode ser considerado uma conquista relativamente fácil, indicada para montanhistas iniciantes e intermediários. Porém, não se engane, um nevado de 5700 metros não é algo corriqueiro: a subida exige enorme preparo físico, e muita, mas muita aclimatação.

Subir com bom tempo é uma dádiva e motivo de muito agradecimento ao Cosmos, pois o Nevado Pisco localiza-se numas das regiões centrais da Cordilheira Branca e as paisagens das montanhas ao redor são exuberantes. Durante a subida pode-se ver as diversas montanhas e picos como o Huandoy, o Chacraraju, o Alpamayo, o Chopicalqui e o Huascarán, o pico mais alto de todos.

É fundamental ter um guia experiente, pois há perigo de avalanches, que, nao raras, são vistas descendo os paredões verticais.

Tecnicamente, é até uma subida tranquila.

Partindo-se de Huaraz, capital de Ancash, chega-se até o povoado de Yungay e sobe-se, a seguir, até o posto de controle LLanganuco do Parque Nacional Huascarán.

Passa-se pelas belíssimas lagunas Chinancocha e Orcococha, de estoante cor verde turquesa clara, em direção ao setor LLanganuco.

Logo a seguir ganha-se a Quebrada de Cebollapampa, onde inicia-se o trekking, que começa sereno mas depois é subir, subir, subir...

No meio do caminho chega-se a um refúgio, uma espécie de hotel para montanhistas, aberto somente em alta temporada. Encontrar um quarto para descansar pode ser recompensador, pois a noite o frio é intenso.

Passado o refúgio, chega-se ao acampamento na base do Nevado Pisco, donde se parte na madrugada seguinte `a ascenção final.

Durante todo o tempo, o jogo de luzes formado pelo sol incidindo nas montanhas é impressionante, gerando imagens inesquecíveis e de rara beleza.

A conquista do Nevado, se bem sucedida, é uma festa para os sentidos e para a alma. É como voltar a ser criança. Veja o esforço que nós homens contemporâneos precisamos fazer para ter momentos de descontração e integração com a Natureza?

Que fique aqui nossa advertência: se você é de um de país que não contribue para reverter a destruição da camada de ozônio e o aquecimento solar desvairado, pressione seu governo, pois o Nevado Pisco retraiu-se muito nos últimos anos e pode, de fato, estar em extinção. Esperamos que não.

©Fóton Multimídia 2002 - . Todos os Direitos Reservados.